O preparo do Facilitador

Por Paulo R. Käfer e Jaqueline C. Mikulski

Como facilitadores, nosso trabalho é o de “preparar” as outras pessoas para novos desafios, proporcionando novas ideias, novos conhecimentos e novos insights aos nossos alunos.

Mas e o preparo do Facilitador?

Como treinadores, precisamos dedicar um tempo considerável para o nosso próprio autodesenvolvimento.

Há o Preparo Técnico, que diz respeito aos recursos a serem utilizados, métodos, materiais, tecnologias, posturas e formas de apresentação, teorias e ferramentas.

A parte técnica é mais tangível e pode ser aperfeiçoada a cada novo feedback recebido e a cada nova reflexão após um treinamento. É fundamental investir tempo nesses itens, mas esse preparo por si só não é suficiente para ser um excelente facilitador.

Mas há um tipo de preparo que faz toda a diferença: o Preparo Mental. Essa é a mola mestra que conduz o treinador ao sucesso em seus treinamentos. Esse preparo é mais sutil e mais intangível. Não pode ser medido nem quantificado, mas é sentido e captado pelas pessoas.

É a Presença do facilitador com atenção focada totalmente nas pessoas e na aprendizagem, que determina o clima no qual o treinamento irá ocorrer. Quando um treinador está inteiro no treinamento, sem preocupações com o que se passa lá fora, sua presença por si só já começa a causar resultados. É o efeito sutil da presença do Treinador que gera confiança nas pessoas e determina um ambiente seguro e acolhedor para que aprendizagem ocorra.

Mas atenção: Preparo Mental não começa 5 minutos antes do curso com uma receita mágica de concentração. Isso não existe. Esse preparo é conseguido ao longo da vida, ao desenvolvermos um estilo de vida com escolhas saudáveis e equilibradas que nos levam a cultivar uma Mente de Mestre.

Também é conseguido na medida em que desenvolvemos uma visão de mundo expandida. Ou seja, evoluiremos como Multiplicadores na medida em que diminuirmos nosso egocentrismo e elevarmos nossa amorosidade. Se o culto ao ‘Eu’ declinar, ficaremos mais conscientes da interdependência entre nós e nossos alunos. Isso nos fará respeitar e acolher as múltiplas visões de mundo ao invés de criticar somente por serem diferentes das nossas.

Ter essa consciência ao entrar num treinamento é fundamental para que seja possível promover mudanças e transformações.

Não dá para garantir que uma plateia seja composta exclusivamente por pessoas altamente equilibradas, com aspirações elevadas e absolutamente cordiais. Cada pessoa está em seu momento de evolução.

É sempre importante respeitá-las e procurar compreender a visão de mundo delas. De certa forma, todos os alunos são nossos mestres também e nos ensinam muito.

E uma vez que nos dispomos a ser facilitadores e treinadores empresariais, precisamos treinar a nós mesmos para estarmos serenos, calmos, gentis e com completo autodomínio. Essa é uma das principais tarefas de quem quer ser um Instrutor extraordinário.

Para se preparar é preciso se dedicar aos estudos e as pesquisas, planejamento do treinamento e demais atividades andragógicas. Mas principalmente dedicar tempo a nós mesmos, para acalmar a mente deixando-a mais límpida para a bela missão de desenvolver e transformar pessoas. Assim seremos a luz que iluminará os passos de nossos alunos.

Afinal de contas… O que vemos no “palco” é o resultado do trabalho, da persistência, da dedicação, da lágrima e do amor que acontece nos “bastidores”.

Grande abraço, paz na mente e ate o próximo texto.

Paulo R. Käfer e Jaqueline C. Mikulski


Todos os textos do blog possuem direitos autorais. Cópia proibida.

arrow
Gostou do texto? Achou relevante? Então que tal se cadastrar abaixo para receber nossa newsletter?


Por favor, deixe um comentário abaixo e compartilhe suas ideias com a gente. Vamos juntos criar um mundo melhor.

Facilitador Coach

Share Button

2 thoughts on “O preparo do Facilitador

  1. Em minha vida profissional, já desenvolvi e ministrei diversos treinamentos, cursos e workshops, mas a cada artigo que leio a aqui no Blog, vejo que o Universo de treinamentos é muito mais amplo do que podemos imaginar e realmente tem o poder de TRANSFORMAR AS PESSOAS.
    Fico realmente tocado com os termos e as palavras usadas nesse artigo, e fico mais tocado ainda por me identificar com cada frase e concluir que muito do que penso e procuro colocar em prática faz todo sentido para auxiliar a aprendizagem do aluno.
    Muito obrigado pelas postagens, tem sido enriquecedor na minha carreira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *