Multiplicadores de Treinamento: Os Jardineiros da Mudança

Por Paulo R. Käfer e Jaqueline C. Mikulski*

Heráclito já dizia: “a única coisa permanente é a mudança”. Vivemos em um mundo mutante e para termos sucesso é preciso mudar e produzir mudanças.

Você conhece alguém ou uma empresa que não muda nada e faz sucesso?

É aí que entra o Multiplicador de Treinamentos: um agente catalisador de transformações individuais e empresariais.

O Multiplicador é uma pessoa chave na empresa que detém um conhecimento específico sobre um processo, um modelo, uma ferramenta, uma forma de gerir pessoas e mudanças – ou qualquer conhecimento que seja importante para a empresa – e que tem condições de replicar esse conhecimento a outras pessoas por intermédio de cursos e reuniões internas.

Também chamado de Multiplicador de Treinamento, Multiplicador Interno, Instrutor Interno, entre outras nomenclaturas, é o profissional que possui a incumbência de Multiplicar conhecimentos ou promover mudanças para agilizar a aprendizagem organizacional.

As empresas são dinâmicas e precisam o tempo todo, equilibrar a continuidade daquilo que funciona e mudar aquilo que não funciona tão bem.

O Multiplicador tem o papel de propagar os conhecimentos necessários para essa continuidade e os conhecimentos necessários para promover a mudança.

Isso inclui contribuir para o desenvolvimento de outras pessoas para fazer aquilo que o Multiplicador sabe fazer bem.

Treinar sobre como fazer é fácil e até simples. O grande desafio é transcender a aprendizagem e instigar as pessoas a colocar em prática o que foi aprendido.

Conhecer os processos e ser especialista em sua área de atuação não é o suficiente para ser um Excelente Multiplicador.

É necessário conhecer sobre gente e relacionamentos, sobre comunicação e como adequar a linguagem ao público que está sendo treinado e entender sobre métodos de aprendizagem e os princípios de aprendizagem de adultos, a tão falada andragogia.

Por falar nisso, você já baixou nosso elogiado e-book? É grátis. Clique aqui.

Desenvolver pessoas é a perfeita harmonia entre arte e ciência. É a arte de se fazer entender e vender o sonho às pessoas para que elas depois de comprá-lo, possam ir em busca desse sonho e ajudar a empresa a alcançar sua visão.

Um Facilitador extraordinário é como um vendedor de sonhos, um mago das boas ideias. Um verdadeiro “jardineiro” da mudança.

O mundo empresarial se tornou muito cartesiano (leia-se chato mesmo). O lado esquerdo do cérebro ficou muito em evidência, embora muito necessário. Mas para inovar precisamos também do lado direito do cérebro. Precisamos de um equilíbrio, introduzindo arte e ciência para atingir os objetivos pretendidos.

Recursos e sistemas são importantes. Mas as aspirações das pessoas também. E muito. Ao entrar em sala de treinamento, o Instrutor deve levar em conta, as expectativas, motivações e esperanças dos treinandos. Isso requer sensibilidade e intuição por parte dos Multiplicadores que vai além da capacidade de transmitir informações.

As empresas não são objetos sólidos e fixos. São sistemas vivos e uma das metáforas que melhor se encaixa no papel do Multiplicador é a do “jardineiro” da mudança: que espalha as “boas e positivas sementes” nas empresas e no mundo e as cultiva, regando-as gradativamente até que chega o momento da colheita.

Grande abraço, paz na mente e até o próximo texto.

*  Paulo R. Käfer e Jaqueline C. Mikulski são Diretores da MKaPlus, Experts em Formação de Multiplicadores e Facilitadores e possuem vasta experiência em treinamentos empresariais.

Todos os textos do blog possuem direitos autorais. Cópia proibida.

arrow

Share Button

4 thoughts on “Multiplicadores de Treinamento: Os Jardineiros da Mudança

  1. Prezados, Paulo e Jaqueline

    O conteúdo do texto traz informações chave para a promoção dos treinamentos nas organizações. Acompanhar este modelo é essencial para a sustentabilidade das empresas e dos seus respectivos colaboradores.
    Agradeço a oportunidade de compartilhar com vocês.

    Um abraço!
    Joelma

  2. Ola pessoal tudo bem.
    Obviamente o que foi dito no texto é a pura realidade que vivemos, e temos que nos tornar um grande jardineiro da mudança.
    Fico vendo que o treinamento é um dos passos mais importante dentro das industrias e claro envolvendo o lado de gestão de pessoas.
    Obrigado pelas informações.

    abraço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *